Velas / Sistema de Ignição


Com duração média de 10 mil km, as velas garantem o acionamento da combustão que acontece nos motores de ciclo Otto. Quando uma vela não está em condições ideais de funcionamento, o veículo pode nem funcionar, isso porque sem a faísca gerada pela vela, e apenas com a compressão, o combustível (gasolina ou álcool) misturado ao ar não possui poder calórico suficiente para entrar em combustão.

Mas a deterioração que acontece comumente com o uso não é o único fator que influi no funcionamento das velas. A qualidade desses produtos é fundamental para que o motor tenha um bom desempenho. Produtos fabricados com tecnologia de ponta garantem uma melhor perfor-mance e rendimento do motor em relação aos níveis de consumo de combustível, e à carga de poluentes dos gases emitidos pelo escapamento.

O sistema de ignição está em constante evolução, assim como a injeção eletrônica, e estas novas tecnologias aplicadas neste sistema provocam um novo procedimento para diagnosticar avarias, pois é necessário conhecimento técnico e equipamentos de ultima geração. A ignição mapeada estática (sem distribuidor) está presente em vários veículos nacionais e importados. O sistema de ignição em questão é mapeado pela ECU (Módulo), o sistema de ignição mapeado estático possui algumas vantagens em relação ao sistema convencional com distribuidor, como por exemplo: para o funcionamento do motor - menor quantidade de componentes e maior precisão do mapeamento - devido a quantidade de sinais do sensor de rotação por giro do motor - e a facilidade de não necessitar a regulagem do ponto de ignição.